top of page
  • odibattisti

Educação Financeira?



Muitas pessoas acreditam que alfabetização financeira se resume a corrigir hábitos de consumo, como gastar R$ 5 todos os dias em café com leite, e investir o dinheiro em instrumentos financeiros desconhecidos, enquanto seu colega de quarto da faculdade não consegue parar de rolar o feed do Facebook. No entanto, é muito mais do que isso.


A educação financeira ainda é algo novo para muitas pessoas e, geralmente, leva muito tempo para ser adquirida. Não é necessário passar anos estudando gráficos de juros compostos ou semanas procurando as últimas ações para alcançar a alfabetização financeira. Tudo o que é exigido de você é estar disposto a pensar sobre o dinheiro de uma maneira diferente, adotando uma mentalidade financeira moderna.


Aqui estão cinco passos simples para ajudá-lo a se tornar alfabetizado financeiramente e criar um sistema de gerenciamento de dinheiro pessoal que funcione praticamente no piloto automático.


Simplifique suas finanças:

Vamos encarar a realidade: ganhar e economizar dinheiro é um trabalho árduo, mas entender como ganhar e economizar dinheiro pode ser ainda mais difícil. No entanto, não precisa ser assim. Quando se trata de administrar o dinheiro, 80% (ou mais) do seu sucesso a longo prazo depende do seu comportamento em relação à economia, gastos e investimentos. Os outros 20% vêm do conhecimento sobre o que fazer.


Portanto, por que não dedicar 20% do seu tempo para adquirir conhecimento financeiro e implementar sistemas que reduzam em 80% o tempo necessário para desenvolver bons hábitos financeiros? A boa notícia é que é possível reduzir drasticamente o tempo gasto em bons comportamentos financeiros automatizando o pagamento e a economia de suas contas. Seja através dos sites das próprias empresas ou diretamente da sua conta corrente online, configure pagamentos e transferências recorrentes para que você nunca precise pensar duas vezes sobre para onde está indo o seu dinheiro.



Embora possa parecer trabalhoso passar algumas horas automatizando todos os seus pagamentos, isso valerá a pena a longo prazo. Você não perderá dinheiro porque a maior parte ou todo o seu dinheiro irá automaticamente para onde deveria ir. Aqui estão algumas recomendações de alocação de gastos:


Custos fixos: pagamentos de contas como aluguel, impostos ou dívidas.

Investimentos: colocar dinheiro em contas de aposentadoria.

Investimentos/Poupança: guardar dinheiro em um fundo de emergência, contas de poupança, CDB, CDI, presentes, férias ou para antecipar grandes compras.

Gastos sem culpa: gastar em restaurantes, roupas ou entretenimento.


Identifique gastos não aparentes:

Você paga sempre o mesmo valor pelo seguro do carro ou pelo serviço de telefonia celular? Surpresa! Não precisa ser assim. Muitas contas aparentemente fixas têm margem para serem reduzidas.


Não seria ótimo gastar menos com coisas que nem gostamos de pagar? Pense em taxas bancárias, taxas de cartão de crédito, seguros de carro, empréstimos e até mesmo sua conta de telefone celular. Muitas vezes, essas contas possuem taxas de juros ou condições que parecem fora de nosso controle. No entanto, a verdade é que temos controle sobre elas, e posso mostrar como algumas ligações de 5 minutos podem economizar milhares todos os meses. Tudo se resume a negociar: fazer sua pesquisa, falar com a pessoa certa e explicar por que uma mudança a seu favor é necessária. Ser gentil e solicitar falar com supervisores também ajuda.


Ao gastar menos com as despesas que já possui, você terá mais dinheiro disponível para economizar, planejar a aposentadoria ou tomar decisões financeiras importantes. Essas economias podem ser consideradas uma renda oculta, que você pode utilizar para grandes despesas, investimentos, saúde ou doações para a arrecadação de fundos de caridade de um amigo, saúde ou educação.


Descobrir essa renda oculta através de alguns telefonemas que levam a contas mensais automaticamente reduzidas é muito melhor do que abrir mão do café com leite de R$ 5 diariamente. Tomar essa decisão diariamente pode ser doloroso e levar ao fracasso. No entanto, mudanças que exigem apenas definir e esquecer - por meio de apenas alguns telefonemas por ano - nos permitem focar nas coisas que realmente importam.


Comece a investir agora:

"Não tenho tempo" e "não quero perder dinheiro" são desculpas comuns para as pessoas não investirem. Ninguém adora gastar tempo gerenciando dinheiro, e certamente ninguém gosta de perdê-lo (seja tempo ou dinheiro).


Você não precisa ser um gênio para escolher ações e ganhar dinheiro. Aqui estão os três fatores mais importantes para investir:


Faça sua pesquisa.

Seja disciplinado.

Comece o quanto antes.

Leva trabalho e economia consistente para enriquecer, então muitas pessoas preferem procrastinar. Cada ano adicional que você espera para começar a investir torna mais difícil alcançar a mesma quantia de dinheiro. Comece cedo e você estará no caminho para a riqueza.


E se você achar que é tarde demais? Nunca é tarde demais.


Livre-se das dívidas.

Dívidas são um problema. A dívida do cartão de crédito é uma das principais barreiras para alcançar a sua Vida RYCA.


A dívida nos impede de aproveitar a vida e investir em nós mesmos. Se o seu patrimônio líquido está no vermelho, se torna difícil até mesmo planejar financeiramente, investir ou fazer uma grande compra.


Além disso, a dívida nos afunda em culpa e medo.


A boa notícia é que existem cinco passos para se livrar das dívidas rapidamente:


Descubra exatamente quanto você deve.

Decida qual dívida será paga primeiro.

Melhore sua pontuação de crédito (Score).

Escolha a fonte de recursos que será utilizada para pagar a dívida.

Comece!

Em pouco tempo, você estará livre de dívidas.


Entender como as dívidas do cartão de crédito funcionam, o histórico de crédito, os relatórios de crédito e as pontuações de crédito - e sua relação com sua saúde financeira geral - é uma parte importante de sua alfabetização financeira. Não ignore esse aspecto.


Amplie sua receita/renda:

Alfabetização financeira é fazer o dinheiro trabalhar para você, mas não se engane: você ainda precisa trabalhar pelo seu dinheiro.


Na verdade, ganhar dinheiro - e mais dinheiro - é a maneira mais rápida e eficaz de melhorar sua situação financeira.


Felizmente, não existe uma maneira única e universal de ganhar mais dinheiro. Algumas pessoas querem um aumento salarial, enquanto outras buscam renda extra com um trabalho paralelo ou renda passiva. Outras ainda desejam iniciar um novo negócio que substituirá seu emprego em tempo integral ou se tornará sua principal fonte de renda.


Além disso, você pode usar as habilidades e experiências que já possui para aumentar sua renda e fortalecer suas finanças. Fluxos contínuos de renda, mensal ou regularmente, podem se acumular ao longo do tempo. Por exemplo, R$ 500 extras por mês se transformam em R$ 6.000 por ano, que em 5 anos se tornam R$ 30.000 ou mais, se o dinheiro for colocado em uma conta poupança ou de investimento com juros.


Resumo:

A boa notícia é que você não precisa passar anos estudando gráficos de juros compostos ou semanas procurando as últimas ações para alcançar a alfabetização financeira. Tudo o que é necessário é uma mentalidade de crescimento: estar disposto a pensar sobre como ganhar, gastar e economizar dinheiro de uma maneira diferente do que você fazia no passado.

21 visualizações2 comentários

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page